Nessa semana demos uma entrevista muito interessante para a Nati, do super-pop-blog Casarei. Respondemos às dúvidas mais frequentes dos noivos e noivas que estão procurando alianças.

De tanto que gostamos, vamos repostar aqui:


Leia a matéria no blog Casarei

Alianças de casamento, um símbolo de união

As alianças de casamento são símbolo de união entre o casal. São elas que permanecerão conosco para sempre. Por isso, na hora de escolher precisamos pesquisar bem e buscar algo que seja representativo para nós, entendam, para o casal.

Sabemos que escolher um único modelo para algo tão importante como as alianças, não é nada fácil. Mas quem disse que casar é?! rsrs Brincadeiras a parte, hoje o mercado traz as mais variadas opções, uma mais linda que a outra e com estilos completamente diferentes. O que nos possibilita escolher a aliança que se encaixa perfeitamente com a nossa personalidade.

A aliança de casamento precisa ser, necessariamente, em ouro dourado?

Não necessariamente. O legal é que ela seja em uma liga de ouro de qualidade (18k), pois é uma liga que não oxida e que possui um acabamento melhor, mas é possível fazer ouro 18k em vários tons, como o amarelo, o rosé e o branco.

Alianças Rivero, em ouro 18k e diamante 12 pt.

Alianças Rivero, em ouro 18k e diamante 12 pt.

Ouro dourado, branco ou rosé: qual está na moda e qual é o mais pedido pelos casais?

Acredito que o ouro amarelo, por ser mais tradicional, é sempre mais procurado, mas no nosso caso a procura pelo ouro rosé está aumentando muito ultimamente, não só por estar na moda, mas também por ser um pouco mais discreto.

O importante na escolha do tom de ouro ou do modelo das alianças é não escolher de acordo com a moda do momento, já que são joias feitas para durar para sempre e ser usadas diariamente, enquanto as tendências mudam muito rapidamente. Sendo assim, vale o que tem a ver com o gosto do casal.

Alianças Veredas. Ouro 18k e diamante 16 pt.

Alianças Veredas. Ouro 18k e diamante 16 pt.

Sobre o modelo: podemos escolher alianças diferenciadas ou apenas as tradicionais podem ser usadas na celebração?

Não existe uma regra. O ideal é ir atrás de um modelo que combine com o casal. Alguns podem se sentir mais à vontade com um modelo mais tradicional, enquanto outros podem querer alianças diferentes ou até mesmo personalizadas, desenhadas de acordo com a personalidade e a história dos dois.

Anel de noivado Claris, em ouro branco 18k e diamante quadrado (lapidação princesa).

Anel de noivado Claris, em ouro branco 18k e diamante quadrado (lapidação princesa).

As alianças masculina e feminina precisam ser iguais?

Como é algo que representa a união dos dois, o ideal é que elas não sejam muito diferentes, mas isso não significa que elas precisam ser idênticas. É possível fazer alianças com larguras diferentes, uma com pedras e a outra sem, uma polida e a outra fosca… O importante é que as diferenças não sejam tão grandes a ponto de uma aliança não ter nada a ver com a outra. É preciso haver um mesmo conceito, uma harmonia entre as duas.

Anel de noivado Veredas. Ouro branco 18k e 3 diamantes quadrados.

Anel de noivado Veredas. Ouro branco 18k e 3 diamantes quadrados.

Homens também podem usar alianças com diamantes?

Azul para meninos e rosa para meninas? Pode? Não pode? Vamos esquecer regras e protocolos ;). Estamos falando das joias mais significativas na vida de duas pessoas que escolhem construir uma história juntos. Se o homem gosta do diamante por qualquer motivo, ou se o diamante simboliza algum fato na vida do casal, por que não deixar essas alianças ainda mais significativas?

Em alguns de nossos modelos de alianças, por exemplo, oferecemos ao casal a possibilidade de simbolizar as principais bodas do casamento com diamantes cravados em uma das superfícies do anel.

Para os homens que gostam da ideia de ter uma pedra na aliança, mas acham muito chamativo, uma solução que damos é cravar uma bem pequena na parte interna. Dessa maneira, o diamante fica como um detalhe secreto, algo mais pessoal.

As alianças de noivado podem ser usadas para o casamento?

Podem, sim. Alguns casais optam por um anel de noivado e depois um par de alianças para o casamento, mas muitas vezes acabam fazendo as alianças para o noivado e usando as mesmas para o casamento. A única questão a ser considerada nesses casos é que provavelmente as alianças precisarão de algum ajuste para o casamento, pois normalmente existe uma diferença de tamanho entre os dedos da mão esquerda e os da mão direita.

Banca de trabalho

A altura e a largura das alianças precisam seguir alguma regra, por exemplo, de acordo com o tamanho da mão e sua grossura?

Não existe uma regra para isso. Mais uma vez, vai depender do gosto de quem usará a aliança. Claro que uma aliança muito alta e larga pode ser desconfortável para pessoas que possuem mãos pequenas, assim como pessoas com as mãos grandes podem achar estranha uma aliança muito fina.

Além do gosto, é muito importante que o casal pense no conforto na hora de escolher as alianças, pois são peças que os dois usarão diariamente. Por isso que, no nosso atelier, costumamos apresentar modelos físicos ao invés de desenhos, para que as pessoas possam sentir como a peça está na mão, se está confortável ou se precisa de algum ajuste.

De quanto em quanto tempo devo polir a aliança?

Já o polimento faz parte de uma manutenção mais pesada, que deve ser realizada sempre por um ourives especializado. Durante esse processo, o profissional fará uma limpeza nas peças e depois irá polir ou fosquear, de acordo com o acabamento original das joias. Esse serviço pode ser feito uma vez por ano ou a cada dois anos, dependendo do caso.

É bom ter em mente que todo acabamento retira um pouco do material. A quantidade é muito pequena, mas se a frequência com que se repete o processo é muito alta (se a pessoa quer fazer o polimento a cada dois meses, por exemplo), as alianças podem acabar ficando mais finas.

Oficina-00046-1920px.jpg

Como surgiu a Brazil & Murgel?

Criamos a Brazil & Murgel no final de 2009. Após nos formarmos em Design de Produto, passamos a ter contato com a ourivesaria e nos encantamos com o processo manual de confecção de joias e toda a liberdade de criação que ele proporciona. Com isso, resolvemos unir nosso olhar e nossas referências do design ao universo da joalheria, contrapondo uma mentalidade contemporânea e inovadora com técnicas tradicionais de ourivesaria.

Como vocês decidiram com qual conceito de joias trabalhariam?

Na realidade, não fechamos em um determinado conceito estético para trabalhar em nossas criações. Decidimos desde o começo fugir um pouco das tendências e criar peças com desenhos mais atemporais, que servissem como uma extensão da personalidade de cada cliente. O relacionamento que criamos nos atendimentos é muito importante para que possamos entender as necessidades físicas e simbólicas de cada um.

Agora, algumas características são frequentes em nossas criações, talvez por causa de nossas referências e inspirações. Respiramos arte, design, arquitetura, música e gastronomia, além de termos um olhar bastante curioso sobre as criações da natureza, e esses interesses acabam sendo a base de todas as nossas peças.

Nas joias de casamento, a inspiração vem muitas vezes de fontes como a história dos noivos, o vestido da noiva ou algum elemento que seja importante para os dois, mas acabamos sempre trazendo um pouco das nossas referências e repertório.

Alianças Leventina, em ouro rosé 18k.

Alianças Leventina, em ouro rosé 18k.

Vocês têm alguma dica para nossas leitoras?

A todas as leitoras e leitores que pretendem casar, aí vão 2 dicas valiosas que costumamos dar aos nossos amigos e clientes:

1. Escolham as alianças com antecedência
Normalmente, não aconselhamos que os casais escolham as alianças com menos de 3 meses de antecedência. Dá para fazer em menos tempo? Dá, mas é importante que o casal tenha tempo suficiente para realizar a sua melhor escolha, isto é, para que sejam joias certificadas, confortáveis, duradouras e, se houver oportunidade, que as alianças possam ter alguma relação com a história e a personalidade do casal. Além disso, não deixar para a última hora faz com que os dois curtam muito mais todo o processo de escolha e desenvolvimento das peças.


2. Não deixem as alianças como o último item do orçamento.
Joias personalizadas feitas à mão, ou até mesmo as peças fabricadas industrialmente podem apresentar possibilidades incríveis, tanto estéticas como simbólicas. As alianças ideais não precisam ser as mais caras, mas é sempre bom ter alguma folga no orçamento para conseguir um leque maior de opções.



Lembrem-se: do casamento inteiro, as alianças e as memórias são as únicas relíquias que viverão para sempre. Façam uma boa escolha! :)

 

- - -

 

Para mais informações sobre a Brazil & Murgel

Visite o site: http://brazil-murgel.com/casamento

ESTÚDIO B&M
Fabio Brazil e Henrique Murgel apresentam pessoalmente o estúdio onde criam e desenvolvem suas coleções. Visita indispensável para encomendar suas peças personalizadas ou joias para casamento, trocar seu Gift Card B&M ou então para saber dos lançamentos em primeira mão.

Visita com hora marcada
Para agendar, entre em contato via:
• Email: contato@brazil-murgel.com
• Tel.: +55 11 5524 0221
• WhatsApp: +55 11 999 402 172


Leia a matéria no blog Casarei